VENDAS E PÚBLICO QUALIFICADO ANIMAM EXPOSITORES DA 19ª FIMMEPE

O decreto do governo do estado dando prazo para pagamento do ICMS aos negócios realizados na feira impulsionaram ainda mais as vendas.

Os expositores da 19ª FIMMEPE – Mecânica Nordeste estão comemorando a realização de bons negócios especialmente com o decreto baixado pelo Governo do Estado que concede um prazo de 120 dias para o pagamento do ICMS relativo às vendas realizadas durante a feira. O benefício é estendido também aos negócios concretizados após a feira, desde que sejam, comprovadamente, decorrentes do evento. A feira que é realizada pelo Sindicato da Indústria Metalúrgica, Mecânica e de Material Elétrico de Pernambuco (Simmepe) em parceria com a Reed Exhibitions Alcantara Machado está sendo realizada desde terça-feira (dia 22) e vai até esta sexta-feira, dia 25, no Centro de Convenções de Pernambuco.
No evento, as grandes, médias e pequenas empresas do setor eletro-metal-mecânico puderam ter acesso, em um só lugar, às novas tecnologias em máquinas, ferramentas, equipamentos e componentes eletro-eletrônico apresentados pelos principais fabricantes de bens de capital do Brasil e do Exterior. Por outro lado, as indústrias produtoras encontraram na Fimmepe oportunidade de acesso ao mercado regional que se encontra em franca expansão.  Um exemplo disso é a empresa Brasfixo de Botucatu (SP). Fabricante de elementos de fixação, armazenagem e movimentação, a empresa participou pela primeira vez da Mecânica Nordeste. “Vendemos até as amostras”, afirmou José Roberto Policastro, gerente de vendas, acrescentando que a sua equipe permanecerá em Pernambuco por mais 15 dias para atender aos pedidos de clientes. “Visitaremos não apenas empresas em Recife e região (Suape), como também João Pessoa e Campina Grande na Paraíba”.
Além dos negócios que estão sendo realizados durante a feira, outro aspecto que tem animado os expositores é a qualificação do público visitante na sua maioria composto de compradores de máquinas e equipamentos e também técnicos de alto nível em busca de atualização de conhecimento. Participante da feira pelo terceiro ano consecutivo, o Grupo Bener, do setor de máquinas de alta precisão utilizadas em ferramentarias e produtos de usinagem, também destacou a qualificação do público como ponto positivo do evento. “Estamos realizando bons negócios”, afirmou Wilson Borgneth, diretor comercial. Segundo ele, nos dois primeiros dias da feira, o grupo vendeu 4 máquinas e a expectativa é de fecharem 10 vendas até o final, movimentando algo em torno de R$ 500 mil.
CONHECIMENTO
Participando do Pernambuco Petróleo Business, evento que ocorre pela primeira vez dentro da Fimmepe, Marcelino Gomes, superintendente da refinaria Abreu e Lima, que está sendo construída em Ipojuca, na região metropolitana do Recife, visitou a Feira. Frequentador do evento em edições anteriores, ele parabenizou o Simmepe pela parceria com a Reed Exhibitions Alcantara Machado na organização da 19ª Fimmepe. “Visualmente a feira esse ano está melhor. Encontrei várias empresas que não esperava encontrar aqui como Romi, por exemplo, e agora é pensar nas próximas edições como é que a gente vai incrementar ainda mais essa feira para a indústria de Pernambuco se preparar para tudo o que vem pela frente”, salientou.
Como sugestão de melhoria para as próximas edições, ele aponta que deve se investir mais ainda em conhecimento e trazer uma maior participação das indústrias locais.  “Talvez criar algum evento que motive uma prospecção de novos investidores na região, principalmente em função dos novos projetos que estão se desenvolvendo na área do parque naval off shore”, sugeriu.
Simmepe
MG Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *