Preparativos para as festividades da 94ª Festa de N. S. do Desterro, em Agrestina.

O parque já está nas principais ruas da cidade e a expectativa de toda a população só aumenta. Também, pudera. Será realizada nos próximos dias 1 e 2 de fevereiro, a 94ª Festa de Nossa Senhora do Desterro, em Agrestina. Este é um dos maiores eventos realizados no município, figurando também como o mais antigo ainda em execução. Para este ano, estão programados celebrações eucarístias, procissão e shows gratuitos com Pedrinho Pegação (na segunda-feira) e Forró do Firma (na terça-feira). O encerramento será com Aviões do Forró. Todas as apresentações serão realizadas na Praça Padre Cícero e começam às 21h, com previsão de término às 2h.
Apesar das comemorações começarem na noite do dia 1º de fevereiro, as comemorações religiosas já começaram desde o último domingo (24). Estão marcados para os próximos dias (de 27/01 a 01/02) ofícios, missas e terços nas comunidades da zona urbana e rural de Agrestina. No dia 31, haverá também, leilão de animais na Fazenda Santa Quitéria, a partir das 9h. Mas, é na terça-feira, dia 02, que a homenagem à Nossa Senhora do Desterro toma conta das principais ruas da cidade. O dia terá início com café da manhã comunitário, às 6h, seguindo com celebração eucarística (às 10h) e procissão (às 16h) reunindo católicos para agradecer graças alcançadas e também realizar orações. Às 18h, o bispo Diocesano Dom Bernardino Marchió preside a celebração na Igreja Matriz.
Foto: Adriano Monteiro | Decom
Para o evento festivo, à noite, foi necessário planejamento para que o evento ocorra com tranquilidade. Toda a estrutura da Festa do Desterro está montada no centro da cidade, com seis entradas organizadas por disciplinadores e área VIP. Haverá a revista nos acessos e serão proibidas as entradas de armas de qualquer espécie, além de vasilhames de vidro. A segurança receberá reforço através de monitoramento eletrônico por câmeras, agentes da Guarda Municipal, 100 seguranças particulares, Polícia Militar, Bombeiros Civis e Conselheiros Tutelares. Estes últimos realizarão ações intensivas para repreender a venda de bebidas alcoólicas aos menores de idade. Para atender ao público médio de 50 mil pessoas, que é a expectativa da organização, 40 barracas, bares e restaurantes e ambulantes, todos cadastrados para comercialização de alimentos e bebidas.
De acordo com o secretário de Cultura, Turismo e Juventude, Josenildo Santos, “mesmo nesse momento delicado da economia, a parceria com o Governo do Estado foi primordial para a contratação de algumas atrações, tornando possível mais esse evento que incrementa a economia local”.
A Festa de Nossa Senhora do Desterro é uma realização da Prefeitura de Agrestina, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude, com apoio do Governo do Estado de Pernambuco – Empetur.


Comitê Gestor da 94º Festa de Nossa Sra. do Desterro, em Agrestina, se reúne mais uma vez

Foto: Adriano Monteiro |DECOM
Aconteceu na manhã desta quarta-feira (27) mais uma reunião do Comitê Gestor da 94º Festa de Nossa Senhora do Desterro, de Agrestina. A reunião contou com a presença do Secretário de Cultura, Turismo e Juventude, Josenildo Santos, que conduziu o encontro que durou pouco mais de uma hora.
O principal ponto discutido foi a manutenção de disciplinadores nas seis entradas de acesso à festa. A revista será intensificada para evitar a entrada de pessoas armadas e em atitudes suspeitas e iré coibir também a entrada de bebidas em garrafas de vidro (bebidas em garrafas de plástico em lata estão liberadas), garantindo que a 94º Festa de Nossa Senhora do Desterro seja mais segura para toda a população de Agrestina e para os visitantes que vêm conferir os festejos.
Estiveram presentes representantes das Polícias Militar e Civil, Samu, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar e das Secretarias municipais de Saúde e Obras. Foram acertados os detalhes das ações de monitoramento que serão desenvolvidas na festa, bem como a importância de respostas rápidas em caso de possíveis emergências.
Foi apresentada também a proposta de garantir um espaço para que profissionais da saúde façam abordagens informativas a fim de mobilizar ainda mais a população a respeito do combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e do zika vírus.

Com informações Decom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *