Fundarpe abre inscrições para Patrimônio Vivo de Pernambuco

Estão abertas as inscrições para o VIII Concurso Público do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco –RPV, edição 2012. Podem se candidatar pessoas físicas ou grupos culturais, constituídos juridicamente ou não. Os interessados têm até o dia 25 de outubro para se inscrever.
Atualmente, Pernambuco conta com 27 patrimônios vivos em atividade. São eles o cineasta Fernando Spencer, a cirandeira Lia de Itamaracá, a circense Índia Morena, o sanfoneiro Camarão, os ceramistas Mestre Nuca e Zé do Carmo, os xilógrafos Dila, José da Costa Leite e J. Borges, a coquista Selma do Coco , o maestro Duda, o sambista Didi e os artesãos Zezinho de Tracunhaém e Manuel Eudócio. Também são patrimônios vivos os seguintes grupos culturais: a Banda Curica, de Goiana – mais antiga do Brasil – o Teatro Experimental de Arte (TEA), de Caruaru, a Confraria do Rosário, fundada por escravos, o Clube de Alegorias e Crítica Homem da Meia Noite, de Olinda, o Maracatu Leão Coroado, o Caboclinho Sete Flexas, do Recife e a Sociedade Musical Euterpina Juvenil Nazarena – Capa Bode, de Nazaré da Mata.
Ano passado foram selecionados a Maria Amélia da Silva, Tomaz Aquino Leão e  Maracatu Estrela de Ouro de Aliança. Mestre Salustiano, Ana das Carrancas e Canhoto da Paraíba – que também foram contemplados – faleceram em 2008.
Instituída em 2002, o principal trunfo da Lei de Patrimônio Vivo é que se reconhece ainda em vida o trabalho dos mestres e grupos culturais da terra na construção de um patrimônio cultural. Além disso, os registrados na lei assumem a missão de transmitir os seus saberes e fazeres a aprendizes em eventos ou em programas de ensino e aprendizagem promovidos pela Fundarpe. O objetivo é manter e preservar as expressões da cultura popular e tradicional pernambucana. Os anexos estão disponíveis no site do Governo do Estado: www.pe.gov.br.
Da redação do jornalextra.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *