Brasileiros votam em Nova York e pedem fim da corrupção

Em Nova York, onde está o segundo maior colégio eleitoral do Brasil no exterior, brasileiros formaram fila desde cedo para votar no segundo turno das eleições para presidente. No total, 21.240 eleitores estão aptos a votar na jurisdição do Consulado do Brasil em Nova York, que inclui os estados de Nova York, Nova Jersey e Pensilvânia, nos Estados Unidos. Em clima pacifico durante a votação, os eleitores ressaltaram que o combate à corrupção e a contenção da violência são as principais mudanças esperadas para a partir 2015.
A votação em Nova York foi aberta às 8h e prossegue até às 17h, no Metropolitan West, em Manhattan. De acordo com a cônsul-geral do Brasil em Nova York, embaixadora Ana Cabral, 230 mesários e 70 organizadores trabalham nesta eleição. “Nós temos 58 seções e 55 urnas aqui em Nova York, no primeiro turno votaram mais ou menos nove mil eleitores. Esse espaço foi escolhido porque nós precisávamos de um local amplo, que tivesse condições de instalar todas as seções. A princípio está tudo ocorrendo muito bem.”

Do G1.Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *