Armando Monteiro e Paulo Câmara encerram campanha no vermelho

Débitos na casa dos milhões de reais. Foi como terminaram as campanhas de Paulo Câmara (PSB), eleito governador de Pernambuco com mais de 68,08% dos votos, e de Armando Monteiro Neto (PTB), que ficou em segundo lugar com 31,07% dos votos.
O dado é da prestação final de contas, divulgada pelo Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) na noite desta terça-feira (4). A maior dívida é de Armando. O candidato, que arrecadou R$ 19.736.207,21, fechou a campanha com contas a pagar de R$ 24.532.405,69, um rombo de R$ 4.796.198,48.
No fim da campanha, Paulo Câmara tem uma diferença entre receitas e despesas de R$ 1.077.701,54 – R$ 19.064.358,64 a pagar contra R$ 17.986.657,10 arrecadados.
Do Blog do Jamildo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *