Agrestina: Prefeito fala sobre supostas denuncias feita pela Oposição.

Cada matéria divulgada na imprensa tem o imenso poder de manipular os fatos em favor de benefícios pessoais ou institucionais. Em texto divulgado nesta sexta-feira, 13 de outubro, o Blog do Magno dá um exemplo de como é possível disfarçar a real intenção de uma matéria através de uma imparcialidade mascarada. Em uma redação tendenciosa, mais uma vez, o Blogueiro atacou pessoalmente o prefeito Thiago Nunes (PMDB) tendo como base informações que desejam apenas polemizar e fazem isso sem pensar nas consequências que atos de disputas políticas podem prejudicar toda uma população. Como se não bastasse, o blog edita as notas oficiais e coloca apenas o que julga ‘interessante’, algo totalmente antiético e antiprofissional.

        De fato, o prefeito Thiago Nunes tem viajado durante toda a sua gestão para Recife e Brasília, mas diferentemente do que insinua a matéria, os resultados são óbvios.  Estradas foram revitalizadas, as escolas funcionam regularmente com estrutura eficaz, toda a cidade passou por melhorias – desde a instalação de câmeras de segurança até a pavimentação de ruas e a partir da efetivação do distrito industrial, que já começa a tomar forma, toda a dinâmica econômica do município será modificada.
      Ainda vale a pena destacar que enquanto muitas cidades brasileiras estão com salários atrasados desde o início do governo, Agrestina vem conseguindo honrar os compromissos com a folha de pagamento graças a uma contenção articulada pelo prefeito para diminuir os efeitos da crise que, ao contrário do que sugere o texto,atinge todo o país e seria impossível, por motivos lógicos, não atingir Agrestina. É importante citar que não foi esta administração que atrasou e nem deixou de pagar os vencimentos dos funcionários, bem como dividir salários ou mesmo, zerar contracheques e desaparecer com os livros ponto.
        Para citar algumas das vezes que essas “viagens” ditas quase com ironia no texto foram proveitosas do ponto de vista de articulação, vale relatar novamente alguns fatos. Em busca de garantir mais recursos para o município em 2015, o prefeito de Agrestina esteve novamente em Brasília visitando Ministérios o que resultou até o momento numa conquista de mais de R$ 20 milhões em obras e aquisição de máquinas e veículos. Dos vinte e cinco deputados federais da bancada pernambucana, Thiago Nunes esteve com quinze parlamentares, dos quais Silvio Costa, Jarbas Vasconcelos, Eduardo da Fonte, Wolney Queiroz, entre outros, além de se reunir com os senadores Douglas Cintra e Humberto Costa. Das reuniões com os deputados, conseguiu  emendas  para infraestrutura, saúde e educação, o que somam mais de R$ 20 milhões. Outras conquistas ainda são os recursos de fundo a fundo em outros Ministérios. Durante a visita, o prefeito aproveitou para cumprimentar o novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro. “As expectativas para o resultado do encontro são bem positivas. Esperamos trazer mais de R$ 5 milhões em novos investimentos em obras de infraestrutura e relacionadas à saúde. Aproveito para agradecer ao apoio de todos que ajudam a cada dia a promover o crescimento da nossa cidade”, disse Thiago à época.
       Também é importante destacar o mês de março deste ano. Em menos de 30 dias, Thiago Nunes intensificou a busca por apoios que pudessem possibilitar novas conquistas de investimentos prioritários em áreas que abordam todos os setores da administração municipal. Os resultados já começaram a surgir, juntamente com aqueles que já tinham sido angariados por Nunes desde o início de sua gestão. Na agenda mensal estiveram reuniões com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), com a finalidade de estreitar as relações e também aconteceu o recebimento de visita de três prefeitos da Paraíba interessados em conferir de perto o aterro sanitário que o município mantém, graças a um consórcio com mais quatro cidades. Encerrando o mês, o secretariado e o prefeito de Agrestina participaram em peso do 2º Congresso Pernambucano de Municípios, que aconteceu em Olinda. O objetivo foi estar informado para tomar decisões de grande impacto. O grupo de Agrestina participou das palestras e oficinas. Para Thiago Nunes, essa participação dos secretários traz muitos benefícios para toda a Gestão Pública. “A presença de todos os Secretários no Congresso possibilitará que, cada um em sua área, tragam soluções para que possamos administrar nossa cidade cada vez melhor. Diante dessa crise nacional é importante dialogar e trocar experiências com outros municípios”, disse.
       E as viagens continuaram ainda em março com uma reunião com os secretários estaduais. A primeira delas aconteceu com o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, e o principal assunto em pauta foi a liberação de recursos oriundos de emendas parlamentares para o calçamento de mais ruas de Agrestina. Foi acordado que a comunidade de Água Branca, na zona rural do município, será a primeira a ser beneficiada, com a liberação de R$50 mil. Em seguida, Nunes conversou com o secretário Estadual das Cidades, André de Paula, para discutir, entre outros assuntos, detalhes das emendas parlamentares que viabilizam recursos para a requalificação da Praça da Câmara de Vereadores e para a construção de uma praça no Bairro Ipiranga, cujos projetos arquitetônicos já estão concluídos.
      Sendo assim, é notório que as conquistas existem e todos aqueles que têm um mínimo de conhecimento sobre Gestão Municipal sabem que todo tipo de contrato ou liberação de verbas passa por um processo muitas vezes lento, mas sempre imprescindível. Ou seja, os recursos foram, sim, conquistados e existem documentos que provam isso. Porém, ainda não foram efetivados aqueles que não dependem somente da prefeitura para tal.
        Também fica evidente o desconhecimento de Gestão Pública em trechos do texto que comparam Agrestina a Altinho ou a Caruaru. Cada cidade tem os seus problemas, as suas necessidades e as suas demandas. “Agrestina ganhou espaço na mídia e nos gabinetes dos políticos através do trabalho e da articulação necessários para mostrar o potencial de uma cidade com poucos habitantes, mas muitas potencialidades desde o turismo, até a educação, a saúde e a economia. Só tendo como base esse último setor, mais de 250 vagas estão sendo disponibilizadas recentemente a partir da abertura de apenas uma empresa às margens da BR-104, bem como foi adquirido um terreno de 15 hectares para a implantação do distrito industrial. Território em números ou quantitativos populacionais nunca representarão o quanto Agrestina impulsiona toda a região e o que realmente as atividades e os profissionais formados com o auxílio da Prefeitura significam para o Agreste. Disputas políticas não devem tirar o foco das necessidades reais da nossa cidade. Não representamos cores ou números apenas, mas a vontade de toda uma cidade em crescer de forma equilibrada”, finaliza Thiago Nunes.

Por Adriano Monteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *