Segundo publicou o portal G1, pelas estimativas do governo federal, com o horário de verão, será possível economizar R$ 147,5 milhões, valor referente ao custo que será evitado com o acionamento de usinas térmicas para complementar a geração de energia. O horário de verão vai até 19 de fevereiro do ano que vem.

A mudança no horário será para os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo e Distrito Federal.

Do Msn Brasil.