Amigos Sertanejos, na estrada com disco novo.

São quase dez anos de estrada. E fazendo música sertaneja em território dominado pelo forró. A dupla Amigos Sertanejos, formada por Juarez e Andrezinho, tem arrastado multidões com seus sucessos “Sinceros amores”, “Cadinho”, “Pare de pegar no meu pé” e “Balada dos amigos”.

“O ano de 2017 não poderia ter começado melhor. Participamos do Tamandaré Fest, em Pernambuco, cantando para mais de 30 mil pessoas. E até o Carnaval, vamos lançar nosso segundo DVD. É um ano que promete”, afirma Andrezinho.

Mesmo em tempos de crise, a dupla chegou à marca de 10 mil downloads do último CD, em menos de um dia. A agenda também vai muito bem, obrigado, com cerca de 20 apresentações por mês.

Como o show não pode parar, Juarez e Andrezinho estão em estúdio produzindo um novo CD promocional, com três músicas inéditas: “Me esqueça”, “Violeta” e “Fechando bar”, complementando com sucessos da atualidade.

“Estamos trabalhando para fazermos algo realmente especial. Toda a estrutura está sendo pensada para oferecermos o melhor do sertanejo para nossos fãs. Temos certeza que será um sucesso”, conta Juarez, que, antes de se aventurar pelo sertanejo, passou oito anos na Banda Magníficos e outros quatro no Mastruz com Leite.

Já o DVD vai marcar uma nova fase da banda, que pretende explorar o mercado nacional. Com a consolidação no Nordeste, os Amigos Sertanejos partem em busca de voos mais altos, com sucessos próprios e que já conquistaram os nordestinos há alguns anos.

“Esses nove anos foram muito importantes, pois a banda se consolidou em nível regional. Agora, temos condições de ir em busca do nosso espaço nas demais praças do Brasil”, declara Andrezinho.

 

Do Extra.Globo

Jonata Daniel

Daniel, tem 21 anos e nasceu em São Joaquim do Monte/PE, mora atualmente em Agrestina/PE. Estudante Técnico em Enfermagem Jônata é repórter fotográfico e fundador do Blog, criado à quatro anos quando ainda cursava o ensino médio na Escola de Referência Professor José Constantino. “O blog me ajudou a entender complexos importantes e ver que não era o único adolescente insatisfeito com problemas do dia a dia. Através dos textos e fotos descobri um novo universo que acabou virando meu trabalho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *