Eleições 2018: Armando Monteiro oficializado candidato.

Armando Monteiro (PTB) teve sua candidatura ao governo oficializada neste sábado, em convenção realizada no Classic Hall, em Olinda, com a participação de 15 mil pessoas, segundo os organizadores. Na ocasião foi apresentado seu slogan de campanha: “Pronto para mudar”. O ato confirmou também os demais integrantes da chapa majoritária: o vereador do Recife Fred Ferreira (PSC) para vice, e os deputados federais Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB)) para o Senado. A aliança em torno de Armando tem 13 partidos: PTB, PSDB, DEM, PSC, PPS, PRB, Podemos, PV, PSL, PRTB, PHS, PSDC e PMB.
Em seu discurso, Armando criticou a “letargia” do governo de Paulo Câmara (candidato à reeleição). “Sabemos que a eleição de 2014 não foi uma eleição em que apenas se elegeu um governador. Foi uma homenagem ao ex-governador Eduardo Campos”, disse o candidato, emendando: “Mas essa justa homenagem de seguiu uma grande decepção. Esse governo tem a marca da omissão: falhou na saúde, na educação, na segurança.”
O presidente estadual do PTB José Humberto Cavalcanti afirmou que “a partir de hoje vamos para as ruas percorrer todas as cidades levando a mensagem de fé e crença em Pernambuco”. Disse que o estado “quer e vai mudar em outubro, com Armando, Fred, Mendonça, Bruno e todos os partidos que integram esse grupo”.
O pré-candidato a deputado estadual Antônio Campos (Podemos) afirmou que irá lutar “24 horas por dia para fazer Armando governador, Fred vice e Mendonça e Bruno senadores”. “Aqui é madeira que cupim não rói, é Arraes, e não nos curvamos à truculência dos poderosos que tiraram a candidatura de Marília Arraes (PT). Foram as mesmas forças que me combateram em Olinda. Essas forças serão varridas pelas urnas. Pernambuco perdeu o rumo com um governador sem liderança, mas vai mudar em outubro”, afirmou Antônio Campos.
O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) destacou que o Estado precisa mudar “porque está decepcionado com o resultado de um governo tímido e acanhado”. “Nesses últimos quatro anos, Pernambuco vai investir metade do que investiu nos anos anteriores, ficará atrás da Bahia, Ceará. Isso se expressa nos indicadores da saúde, nos hospitais que foram prometidos e não construídos. A falta de investimento é evidente nos alarmantes indicadores de segurança do nosso Estado. O Pacto pela Vida, que era uma referência, foi destruído. Não tenho dúvidas que a mudança vai prevalecer com Armando”, enfatizou.
O candidato a senador Mendonça Filho ressaltou, em seu discurso, a capacidade de liderança do candidato Armando Monteiro.  “Armando não será liderado. Ele vem de uma raiz forte, vem da raiz de Agamenon Magalhães e essa raiz vai falar alto aqui em Pernambuco”, avisou Mendonça.
Do Diário de PE.

Jonata Daniel

Daniel, tem 21 anos e nasceu em São Joaquim do Monte/PE, mora atualmente em Agrestina/PE. Estudante Técnico em Enfermagem Jônata é repórter fotográfico e fundador do Blog, criado à quatro anos quando ainda cursava o ensino médio na Escola de Referência Professor José Constantino. “O blog me ajudou a entender complexos importantes e ver que não era o único adolescente insatisfeito com problemas do dia a dia. Através dos textos e fotos descobri um novo universo que acabou virando meu trabalho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *