Dia Mundial da Poesia é celebrado com programação especial no Sesc Garanhuns

Uma das datas comemorativas mais significativas para a Literatura, 21 de março é o Dia Mundial da Poesia e celebra a importância deste gênero para a cultura, a livre criação de ideias por meio das palavras e a diversidade do diálogo no mundo inteiro. O Sesc Garanhuns preparou uma programação gratuita especial aberta ao público na biblioteca da unidade, das 9h às 17h, com sugestões de leitura, varal de poesias e dinâmicas poéticas.

Em celebração à data, pessoas poderão montar suas poesias no improviso no momento visitação do espaço onde haverá também exposição de livros de poesia de grandes autores nacionais “O objetivo da ação é fazer com que as pessoas se inspirem com os encantos da poesia e de autores renomados”, destaca a analista da biblioteca do Sesc Garanhuns, Rennata Tenório.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço – Dia Mundial da Poesia
Data: 21 de março de 2018
Horário: 9h às 17h
Local: biblioteca do Sesc Garanhuns – Rua Manoel Clemente, nº 136, Centro
Valor: gratuito
Informações: (87) 3761-2658

Jonata Daniel

Daniel, tem 21 anos e nasceu em São Joaquim do Monte/PE, mora atualmente em Agrestina/PE. Estudante Técnico em Enfermagem Jônata é repórter fotográfico e fundador do Blog, criado à quatro anos quando ainda cursava o ensino médio na Escola de Referência Professor José Constantino. “O blog me ajudou a entender complexos importantes e ver que não era o único adolescente insatisfeito com problemas do dia a dia. Através dos textos e fotos descobri um novo universo que acabou virando meu trabalho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *