Agrestina: Sarah Farias, Esteves Jacinto e outros, na Cruzada Resgatando Almas.

A igreja Águas do Trono em parceria com o Projeto Libertador, promove a edição de número seis, da Cruzada Resgatando Almas, que contará com a apresentação de vários cantores evangélicos, a grade conta com diversos shows: Sarah Farias, Esteves Jacinho, Lucas e Gabriel, Chagas Sobrinho, Pastor Jairinho e do Ministério de Louvor da Igreja Águas do Trono.

Sarah Farias, é filha de pais evangélicos nasceu na fé cristã, na Igreja Assembléia de Deus e, desde 2005, serve a Deus na Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra, em Alagoas. Na infância, Sarah participou do grupo infantil Brilhando no Viver, chegando a gravar três CD’s. Em 1998, lançou seu primeiro Cd solo Dono do Tempo. Só nove anos depois, ela lançou De Joelhos, já com uma unção nitidamente diferente.

Sarah pode ser descrita como uma ativista do Evangelho, visto que tem opiniões bem definidas e as expõe com facilidade e segurança, isso tem levado jovens, adultos e até crianças a levantarem a bandeira da cruz em qualquer lugar na sociedade. Suas músicas são uma vitrine de desafios intensos que vivem como cristã do século XXI. Esta frase, de Sarah Farias, a define muito bem:
Confira um pouco de seus sucessos, a música, “Deixa eu te usar”.

O Shows estão previstos para a noite da quinta-feira (20) de abril, a partir das 19h, na rua Cônego Júlio Cabral, no centro de Agrestina. Em sua 4ª edição a cruzada se consolidou como um dos maiores eventos religiosos do estado de Pernambuco, o show do Irmão Lázaro, contabilizou mais de 50 mil pessoas, segundo a organização do evento.

A camisa deste ano já encontra se disponível na Igreja Águas do Trono, localizada na Rua Cônego Júlio Cabral, 179 no centro de Agrestina.

Em breve informações detalhadas de todo o evento.

Da Central de Notícias Blog Jônata Daniel

Jonata Daniel

Daniel, tem 21 anos e nasceu em São Joaquim do Monte/PE, mora atualmente em Agrestina/PE. Estudante Técnico em Enfermagem Jônata é repórter fotográfico e fundador do Blog, criado à quatro anos quando ainda cursava o ensino médio na Escola de Referência Professor José Constantino. “O blog me ajudou a entender complexos importantes e ver que não era o único adolescente insatisfeito com problemas do dia a dia. Através dos textos e fotos descobri um novo universo que acabou virando meu trabalho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *